Walter Zagari brada: “Primeiro lugar está no DNA da equipe Record”

Nosso Vice-presidente Comercial, Walter Zagari, fala sobre investimentos, sua expectativa para o mercado publicitário no próximo ano e os principais caminhos para chegar à liderança em recente entrevista ao site NaTelinha. Confira:


O Brasil enfrenta hoje uma crise financeira que atingiu diversos setores da economia. Como a Record lida com um ano tão difícil para publicidade na televisão?
Walter Zagari - Só há uma receita para administrarmos momentos de crise: o trabalho. Temos que unir nossos esforços a fim de superarmos as incertezas políticas e econômicas que mais uma vez afetam nosso país. Já passamos por várias situações difíceis e fomos capazes de mudar o rumo da história. O Brasil é forte, nosso povo é guerreiro e trabalhador e eu tenho certeza que com a garra e a determinação do brasileiro em breve essa situação estará estabilizada.


Como a Record trabalha para fidelizar um anunciante de primeira vez na emissora?
Walter Zagari - Nossos executivos de vendas são, acima de tudo, consultores. Eles buscam entender o negócio do anunciante e suas necessidades para então oferecer as melhores opções comerciais. Desde a primeiro contato com um “prospect”, a transparência e o profissionalismo da nossa equipe são características muitos presentes e fundamentais no nosso modelo de gestão. E quando percebidas pelos clientes, a relação de segurança se estabelece. A partir daí está concretizado o modelo ideal de fidelização, tendo a confiança como peça fundamental de toda e qualquer relação comercial.


Qual o segmento é mais rentável hoje para as emissoras de TV?
Walter Zagari - Atualmente não há como destacar um ou outro segmento em função do atual cenário econômico. Todos estão praticamente uniformes, com seu grau de importância na composição do faturamento da TV. Qualquer um que deixe de investir resultará em uma perda de verba significativa para o meio. Na minha concepção todos são fundamentais para o nosso negócio.


Em 2016, a Record estreou com sucesso seu segundo horário de novelas. Para o próximo ano, existe a possibilidade de chegar ao terceiro produto dramaturgia no ar? Novela é um produto com um bom retorno financeiro?
Walter Zagari - As novelas são de extrema importância na composição do nosso faturamento. Se teremos ou não o terceiro horário, isso é uma questão de tempo. Tudo dependerá da recuperação da nossa economia e da capacidade de investimento da emissora. Vontade não nos falta!


Após dez anos, a Globo terminou com a parceria de transmissão do futebol brasileiro com a Band. Em seguida, a emissora buscou novos parceiros no mercado. A Record foi procurada?
Walter Zagari - A Record foi procurada mas por razões diversas o acordo não foi concretizado.


A terceirização na produção de programas e novelas se mostrou um modelo que deu certo na Record. Existe a possibilidade de ampliar este modelo para o jornalismo?
Walter Zagari - Não. Por enquanto somente com as telenovelas.


Ainda existe espaço para investimentos de produtos infantis na Record?
Walter Zagari - Por enquanto essa não é a prioridade da Record.


Qual sua expectativa para o mercado publicitário no próximo ano?
Walter Zagari - Para 2017 não seremos nem otimistas, nem pessimistas. Vamos ser realistas! Sem dúvida prevemos uma situação um pouco mais estável, com menos retração. Tomando como base o faturamento previsto para 2016, nossos primeiros estudos projetam uma recuperação tímida, mas distante de um mercado recessivo.


Quais são os principais caminhos pra chegar à liderança de audiência no mercado brasileiro?
Walter Zagari - Primeiramente a manutenção do segundo lugar. A partir daí continuar trabalhando muito para chegarmos na liderança, destacando que essa determinação de ocuparmos o primeiro lugar está no DNA da equipe Record.


Fonte: Site NaTelinha - http://natelinha.uol.com.br/colunas/2016/09/11/walter-zagari-brada-primeiro-lugar-esta-no-dna-da-equipe-record-101990.php